Consórcio é o caminho ideal para quem se planeja financeiramente

O planejamento financeiro e os hábitos de consumo consciente tem se tornado cada vez mais difíceis. Sobretudo as compras de bens móveis e imóveis exigem da pessoa um alto nível de disciplina e organização, a fim de não cair na tão temida lista de endividados.

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, o endividamento das famílias brasileiras atingiu a maior marca desde 2015.
Para evitar este cenário, uma modalidade de compra bastante difundida há muitos anos tem se mostrado segura e eficaz no planejamento de compras dos brasileiros: o consórcio.

Como já vimos aqui, o consórcio é um autofinanciamento de um grupo de pessoas físicas e jurídicas, que se unem por meio de uma administradora para adquirir bens ou serviços. É possível fazer um consórcio de carros, motos, casas, terrenos, reformas, viagens e muitas outras opções. Mas, por que esta modalidade é tão vantajosa e combina com a vida de quem planeja as finanças?

Sem sustos

Por meio do contrato assinado com a administradora, você sabe exatamente quanto vai pagar todos os meses até o fim do período de vigência do consórcio. Não há taxas de juros abusivas, apenas taxa de administração – que são muito menores que os juros de mercado – que remuneram a empresa responsável pela gestão do grupo do consórcio.

Os consorciados não são surpreendidos por novas taxas. Os valores são reajustados quando, por exemplo, o preço dos automóveis é reajustado pelas fabricantes. As parcelas tem um acréscimo para garantir que o participante do consórcio realize o seu sonho. Neste caso, os valores dos créditos também são reajustados, aumentando o poder de compra dos participantes.

No seu tempo

O consórcio é utilizado por quem tem pressa na aquisição do bem ou por quem pretende fazer um planejamento a longo prazo. Se o seu plano é conseguir o carro ou a casa rapidamente, é possível antecipar a aquisição por meio de lances feitos nas assembleias mensais organizadas pela administradora.

Mas, se você não pretende adquirir o item imediatamente, basta continuar pagando as parcelas e esperar sua contemplação por sorteio. Ainda assim, você não precisa usar a carta de crédito assim que for contemplado. Neste período em que o valor não foi resgatado, o montante é reajustado conforme a taxa básica de juros (selic).

Maior ou menor valor

Se preferir, você pode sacar tudo em dinheiro ao final do prazo total, desde que todas as parcelas estejam quitadas. É possível ainda adquirir um bem com valor maior que o contemplado. Nesse caso, você se responsabiliza pelos valores remanescentes. No caso de imóveis, por exemplo, é possível utilizar o saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para complementar a carta de crédito.

Poder de compra à vista

Quando você é contemplado em um consórcio, você recebe a carta de crédito no valor estipulado. Isto significa que, ao ser contemplado, o participante recebe o valor de crédito que contratou e com dinheiro em mãos, consegue negociar as melhores condições no momento da aquisição do bem ou serviço (concessionária de carros, por exemplo).

Ou seja, seu bem ou serviço será adquirido certamente por um valor menor do que se você fizesse um financiamento para obtê-lo.

É por essas e outras razões que o consórcio tem se mostrado uma maneira eficaz de ampliação do patrimônio, sem o comprometimento da renda. Para ajudá-lo nesta empreitada, é essencial que escolha uma administradora reconhecida pelas boas práticas de mercado.

voltar

sonhe e planeje agora! escolha o valor e quanto pode pagar.

queremos saber com o que você sonha.

seu sonho agora é a nossa prioridade. preencha seus dados e simule

seu sonho agora é nossa prioridade. preencha seus dados e faremos contato assim que seu sonho estiver disponível

ops!

você precisa colocar um valor diferente de 0.

ligue para nós 0800 500 9918

ou a gente liga pra você

selecione o dia da semana e horário: